A importância da massagem para os bebês

O vínculo afetivo com o bebê também se constrói pelo toque, e você pode criar momentos especiais para isso com massagens. Elas são um estímulo importante para o desenvolvimento sensorial do bebê. A massagem ativa quase todos os sentidos: o tátil, no contato com outra pele; a audição, na percepção de uma música suave, colocada durante a sessão; o olfativo, despertado pelo cheiro relaxante do bálsamo de massagem. A estimulação tátil também ajuda o bebê a notar as partes do corpo, o que é importante para alguém que se entende, no começo da vida, como uma extensão da mãe.

Intimidade

Além de tudo isso, as massagens criam um momento único para mãe e filho se conhecerem, aumentarem a intimidade e se entenderem melhor. Por isso é bom envolver nessa prática o pai. Crianças que não têm contato físico podem crescer com uma carência afetiva, sem ter vivenciado momentos de segurança, afetividade e proteção, sentimentos que são passados também pelo toque.

Por que faz bem para seu filho

– A massagem aplaca a agitação e a irritabilidade típicas da infância, diminuindo a tensão e os choros.
– Assim como nos adultos, reduz a ansiedade, diminuindo a produção de hormônios que causam estresse e aumentando os níveis daqueles que produzem bem-estar,como a serotonina.
– Os toques lentos e suaves relaxam e aumentam as chances de um sono tranqüilo quando termina a sessão.
– A massagem estimula o funcionamento do aparelho digestivo, e isso pode melhorar tanto a absorção dos alimentos quanto amenizar ou prevenir as cólicas do bebê.
– O humor do bebê e da mãe sai ganhando, pois a atividade os tira da rotina e é prazerosa.

shantala

Pensando nisso, o Personal Mamãe Bebê está preparando um curso lindo de Massagem em Bebês para as mamães de Brasília. Será amanhã, sábado (2), na Asa Sul, 211 Sul, Bloco A, na loja MonBaby. Últimas vagas: [email protected] e (61) 98184-0069 / 98301-8181.

Fonte: revista Crescer